9 de maio de 2023, 09:13

3ª Corrida do Fogo reuniu cerca de 600 competidores na Orla da Atalaia


Publicado em 28/09/2008

Por Dinah Menezes

Cerca de 600 pessoas participaram neste domingo, dia 28 de setembro, da 3ª Corrida do Fogo, que abriu as comemorações do 88º aniversário do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE), na Orla da Atalaia. A competição, que já faz parte do calendário da Federação Sergipana de Atletismo, reuniu corredores não só de Sergipe, mas também de outros Estados como São Paulo, Alagoas, Bahia e Pernambuco.

“Essa edição da Corrida superou nossas expectativas e até antes do início da prova tinha gente querendo se inscrever”, afirmou a tenente Carla Cristina Andrade da Silva, da organização do evento, que além da distribuição de prêmios em dinheiro, troféus e medalhas para diversas categorias civis e militares, contou ainda com sorteio de brindes, entre eles uma bicicleta, mesa de frutas, energético e garrafa de água para os competidores.

Antes da prova, os corredores participaram de uma aula de aquecimento, orientada por um profissional de Educação Física do Sesi, um dos parceiros do evento. A largada foi às 8 horas, no hotel Beira Mar, com chegada nos arcos da Orla, num percurso de 9 km.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Reginaldo Santos Moura, falou sobre a importância de eventos como esse.  “Os bombeiros já têm como prática a atividade física e eventos como esse aproximam ainda mais a corporação da comunidade, que é nossa parceira”, afirmou.

A primeira colocada geral da categoria feminina do Corpo de Bombeiros, aspirante Adriana Passos, apontou a necessidade da atividade física para a profissão. “A atividade física é importante não só para a saúde, para nós que somos bombeiros, mas também para que estejamos preparados para servir a comunidade quando ela precisar, porque muitos salvamentos exigem não só técnica, mas também força”, disse.

O evento contou com categorias das mais diversas, a partir dos 13 anos, e os corredores com mais idade também fizeram bonito na prova. Um exemplo disso foi a primeira colocação geral da categoria masculina do Corpo de Bombeiros, que ficou com o militar da reserva Caetano Teles, de 52 anos. “Já são 27 anos de corrida e essa é a segunda vez que participo da Corrida do Fogo sendo premiado”, contou.

A inclusão social também não foi esquecida pela organização da prova, que contou com a participação de deficientes visuais. “É um incentivo para nós, uma oportunidade de estarmos sendo incluídos na sociedade e mostrarmos que não é porque somos deficientes que não podemos praticar atividade física”, apontou o primeiro colocado Francisco José Querino.

A organização do evento informa que a lista com os resultados da prova, por categoria, será divulgada ainda esta semana aqui no site do CBMSE.