5 de outubro de 2023, 12:37

Bombeiras de Sergipe alcançam pódio em competição técnico profissional nacional


O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE) foi destaque no 8o Encontro Nacional de Bombeiras Militares (ENBOM), que aconteceu de 26 a 28 de setembro, em Belo Horizonte. Uma comitiva da corporação participou do evento e três bombeiras conquistaram o segundo lugar em uma competição técnico profissional. “Foi um título inédito para o CBMSE, da cabo Leilane e das soldados Cintia e Nathalia. Queremos dar os parabéns a elas pela conquista e registrar o orgulho de todos nós que fazemos a corporação”, afirmou a subcomandante, coronel Maristela Xavier.

A cabo Leilane Cunha falou sobre a experiência de participar da competição representando o CBMSE. “Queremos agradecer ao CBMSE pela oportunidade e por nos inscrever nessa competição nacional, pela confiança e apoio. Além de todos que nos ajudaram no intenso processo de treinamento, mas que valeu apena para trazer esse resultado para Sergipe”, disse a bombeira.

O evento teve como objetivo discutir e fomentar políticas relacionadas à atuação das bombeiras militares no país, numa perspectiva de valorização e aprimoramento das profissionais e melhor atendimento à sociedade. Foram abordados diversos temas como “Análise da identidade feminina e as representações sobre o assédio sexual no campo militar”, “Combate a Incêndios Florestais

no Chile: primeira participação feminina em missões internacionais da DFNSP”, “Nosso lugar de fala: A Valorização da Mulher nos Corpos de Bombeiros”, entre outros.

“Foi um evento muito importante, de congraçamento, com palestras, rodas de conversa, competições. Tivemos um marco em Minas, com o anúncio de que não haverá mais restrições de vagas por gênero nos editais para concurso do Corpo de Bombeiros. Além disso, realizamos reuniões com o comando de outras corporações e com setores do CBMMG, nas quais trocamos experiências e conhecemos boas práticas para trazer para a nossa corporação. Queremos agradecer ao Corpo de Bombeiros de Minas Gerais pela acolhida, nas pessoas do comandante-geral coronel Erlon e da subcomandante coronel Daniela”, apontou a coronel Maristela.

Também participaram da comitiva do CBMSE no ENBOM a coronel Maria Souza e a tenente-coronel Jeane Lisboa. Ambas destacaram a importância do evento.

“Dentro da programação tivemos uma reunião do comitê nacional com representantes de todos os corpos de bombeiros. Foi um momento muito importante porque ali nós deliberamos sobre as principais ações implementadas pelo comitê durante o ano de 2023 e as próximas tratativas do que será demandado para as corporações em relação às mulheres bombeiras militares. Estiveram em pauta eixos temáticos voltados à questão do ensino, da atividade operacional e da atividade administrativa, dentre outros.
Esse encontro é um momento muito importante porque a gente está construindo um espaço de mais equidade para que bombeiras e bombeiros trabalhem da melhor forma possível que vão desde as condições ergonômicas, com uniformes mais adequados, a questão das promoções na carreira, capacitações e cursos, dentre outros aspectos.
Esse comitê é composto por representantes de cada Corpo de Bombeiros, sendo que aqui em Sergipe eu sou a titular e a tenente-coronel Jeane é a suplente e essa reunião do comitê foi uma grande oportunidade para avançarmos nas questões estruturais dos corpos de bombeiros na vertente da mulher bombeira”, destacou a coronel Maria Souza.

A tenente-coronel do CBMSE Jeane Lisboa, ressaltou que o ENBOM é a grande oportunidade do Comitê Nacional de Bombeiras Militares/LIGABOM se reunir presencialmente e apresentar os resultados do cuidadoso e continuado exercício na busca pela equidade de oportunidades entre mulheres e homens, em todas as etapas da profissão. “É o momento de compartilhar conhecimento, crescimento profissional, troca de experiências e conexão entre todas nós participantes”, afirmou.

Por: ASCOM/CBMSE
Fotos: CBMMG e arquivos pessoais