18 de maio de 2023, 10:45

Bombeiros atraem o público sergipano em Desfile Cívico


Publicado em 10/09/2019

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) marcou presença mais uma vez no tradicional Desfile Cívico, realizado neste sábado (7), na avenida Barão de Maruim, Centro de Aracaju, uma homenagem alusiva ao Dia da Independência do Brasil. A corporação foi representada por 249 bombeiros militares, distribuídos em quatro pelotões, nove viaturas operacionais, dois carros administrativos, representando as diversas atividades desenvolvidas pelos soldados do fogo, tais como combate a incêndio, salvamento aquático, terrestre e em altura, e serviços de busca e salvamento.

A Banda Marcial do CBMSE, sob a regência do maestro, capitão Carlos Paixão Lima, seguiu à frente da tropa, que foi comandada pela tenente-coronel Sanany de Almeida. Os militares da corporação desfilaram mostrando todo seu garbo e imponência, que foi bastante ovacionada pela sociedade civil sergipana, que foi conferir o desfile em comemoração aos 196 anos da Independência do Brasil.

Participaram também do desfile crianças uniformizadas, que são filhos, netos e parentes de bombeiros da ativa, e também se fizeram presentes bombeiros reformados e da reserva remunerada, homens que já suaram suas camisas em defesa da sociedade sergipana, representando a história viva do Corpo de Bombeiros.

O comandante-geral do CBMSE, coronel Gilfran Mateus, esteve presente no palanque oficial, acompanhado do subcomandante-geral, coronel Henrique Melo, e do governador do Estado, Belivaldo Chagas, dentre outras autoridades civis e militares. O comandante comenta que o patriotismo tomou conta da avenida. “O Corpo de Bombeiros foi para a avenida mostrando todo o orgulho pela pátria, dos nossos guerreiros do fogo. Mostramos mais uma vez o motivo do Corpo de Bombeiro ser considerado a instituição de maior credibilidade do país”, enfatiza.

Os bombeiros ainda se destacaram no desfile motorizado, que empregou suas viaturas operacionais, que sempre atraem a atenção do público sergipano. Foram apresentados um bote e uma lancha, embarcações destinadas a resgates e operações aquáticas. Um furgão (ARC-01), destinado a operações com cães. Quatro Unidades de Resgate (UR), que são ambulâncias empregadas em atendimento pré-hospitalar; um Auto Busca e Salvamento (ABS), utilizado para resgates de vítimas em acidentes automobilísticos e demais salvamentos, um Auto Bomba Tanque (ABT), usado nas ações de combate a incêndio; um Auto Tanque (AT), veículo de grande porte, destinado a transporte e abastecimento de água, com capacidade para 48 mil litros; uma Auto Plataforma Aérea (APA), que alcança 54 metros de altura e pode ser utilizada em salvamentos e combate a incêndio, e um ônibus (AO), destinado para transporte de militares em operações e eventos.

Já com seis anos que desfila pelo CBMSE, Mariana Silva, com 18 anos, filha do subtenente Fábio Ribeiro, comenta sobre como é satisfatório participar. “É muito gratificante estar desfilando todo ano aqui, representando meu pai que é bombeiro, e também toda a corporação que nos recebe de uma forma tão maravilhosa, com todo gás.”

Segundo o comandante da equipe de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (Bresc), capitão BM Alysson Carvalho diz que o 7 de setembro para os bombeiros é como se fosse o ano novo para todos, devido ao sentimento de renovação. “O desfile do 7 de Setembro marca um dia em que a sociedade vai para nos prestigiar e agradecer pelo ano em que tivemos, pelo nosso esforço, pela nossa luta. A parada cívica também é uma maneira de valorizar o trabalho do bombeiro perante à sociedade”, conclui o capitão.

Por: Flávia Barreto