16 de maio de 2023, 09:14

Bombeiros de SE empregam efetivo extra em seis cidades neste carnaval


Publicado em 05/02/2016

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) vai empregar efetivo extra para garantir a segurança de foliões e banhistas neste carnaval. Para os cinco dias da festa do Rasgadinho 2016, em Aracaju/SE, serão escaladas guarnições especializadas em atendimento pré-hospitalar, prevenção e combate a incêndios. Já o litoral e alguns municípios do interior com locais de banho que apresentam grande risco de afogamento receberão um número maior de socorristas e guarda-vidas.

O planejamento operacional do CBMSE prevê, para o período de 06 a 09 de fevereiro, efetivo extra para as praias de Aracaju, Pirambu e Caueira (Itaporanga d’Ajuda), para o Rio São Francisco (Neópolis), o balneário de Cumbe e a barragem de Campo do Brito. Os bombeiros empregados no carnaval darão um apoio extra ao efetivo que estará em serviço de plantão operacional nos grupamentos e destacamentos da corporação, em escala ordinária.

No Carnaval 2015, o Corpo de Bombeiros registrou 33 atendimentos nessas seis cidades, dos quais 27 foram casos de princípio de afogamento. Foi justamente por conta do aumento dos índices de afogamento neste período que o Grupamento Marítimo do CBMSE já começou a distribuir, nas praias da capital, panfletos educativos para ajudar a garantir uma diversão segura aos banhistas que querem aproveitar o carnaval e o verão nas praias sergipanas. Seguem aqui algumas dicas dos guarda-vidas para uma diversão segura:

Ao chegar à praia com criança, procure os guarda-vidas para receber a pulseira de identificação. Reforce à criança os riscos de entrar no mar sozinha e não a perca de vista. Mostre um ponto de referência de fácil localização, para que ela possa se situar, caso se distancie. Porém, lembre que a criança deve ficar constantemente sob a supervisão de um adulto;

Caso encontre alguma criança perdida, leve-a ao posto de guarda-vidas ou outra autoridade competente;

Evite entrar no mar quando ingerir bebidas alcóolicas e logo após as refeições;

Não nade próximo às bandeiras de sinalização que indicam “PERIGO” no mar;

Evite tomar banho e nadar onde houver valas e buracos;

Na praia da Coroa do Meio, mantenha distância das pedras, evite nadar e não se afaste das margens. Trata-se de uma praia perigosa, com fortes correntezas e altos índices de afogamento;

Evite o uso de boias e outros objetos flutuantes, pois eles transmitem a sensação de uma falsa segurança e podem arrastar você para áreas mais profundas e perigosas;

Não simule afogamentos. Além de causar pânico nas pessoas, isso desvia a atenção dos guarda-vidas de um possível afogamento real;

Cuidado com as redes de pesca. Mantenha-se distante delas;

Em caso de acidentes com caravelas e águas-vivas, utilize apenas vinagre e água do mar;

Mantenha as praias limpas;

Em caso de urgência, ligue 193 ou (79) 3243-3677.