16 de maio de 2023, 10:49

Bombeiros fazem balanço das ações de 2017


Publicada em 10/01/2018

Na manhã da última terça-feira (09), chefes e comandantes de todos os setores administrativos e unidades operacionais do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) reuniram-se no auditório do quartel central, em Aracaju/SE, para fazer um balanço das atividades realizadas pela corporação durante 2017. Dados do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), somados às estatísticas do Subgrupamento de Busca e Salvamento Aquático, mostram um total de 5.932 ocorrências operacionais atendidas em todo o estado no ano passado, a exemplo de incêndios, resgates, ações preventivas e acidentes automobilísticos.

Dentre os temas levantados na reunião estavam análises de projetos e vistorias, questões administrativas e eventos realizados pela corporação. “Cada unidade do Corpo de Bombeiros apresentou o que fez e o que prestou de serviço para a corporação e para a sociedade. Também discutimos o plano de ação para 2018, ou seja, o que nós faremos já conforme o planejamento estratégico implementado recentemente na corporação. Nosso objetivo é avaliar o resultado de tudo o que fizemos ao longo do ano passado, verificando o que pode ser melhorado para 2018”, explica o comandante geral do CBMSE, coronel BM José Erivaldo Mendes.

Um dos pontos mais repercutidos na reunião foi o trabalho da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), que registrou quase 12 mil atendimentos, incluindo vistorias, análises de projetos, fiscalização e perícias. Segundo o chefe do Departamento de Vistorias e Fiscalização, major BM Douglas Moraes, dentre os avanços setor podem-se citar o aumento do controle do total de processos na DAT e a finalização do IT 42/2018, que trata da simplificação no processo de regularização de empresas classificadas como de baixo risco, visando maior celeridade no licenciamento de microempresas, empresas de pequeno porte e demais estabelecimentos com área de até 750m² e altura de até 3 pavimentos. “As metas para este ano são o aumento nas vistorias de fiscalização, aumento no volume total de processos em tramitação na DAT e diminuição do tempo total para a realização de vistorias”, diz.

Para o diretor operacional do CBMSE, tenente coronel BM Fábio Cardoso, a reunião foi importantes para possibilitar aos membros da corporação quantificar o trabalho realizado ao longo do ano, traçando um comparativo e visando identificar o que a corporação melhorou e em que ainda precisa melhorar. “Por meio desses resultados, nós podemos otimizar alguns processos, utilizando a agregação de pessoas, cursos operacionais ou até mesmo fazer uma readequação do mapeamento do processo, fazendo com que a gente otimize algumas das rotinas. É assim que melhoraremos de forma técnica a nossa forma de prestar serviço à sociedade”, finaliza.