19 de maio de 2023, 08:57

Bombeiros levam música a asilo no município de São Cristóvão


Publicada em 23/04/2020

Em meio à pandemia de coronavírus, as lágrimas de seu Edevaldo Dias são de alegria, emoção. Ele mora no Asilo “Lar Isaías Gileno Barreto”, no município de São Cristóvão, que na tarde desta quarta-feira, dia 22, recebeu a visita surpresa de bombeiros levando música instrumental ao vivo. Por conta do isolamento social, os músicos da banda do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) tocaram em cima de uma viatura, na porta do asilo.

O fim de tarde no asilo foi ao som de saxofone, contrabaixo e trombone. “É bom demais. Só quero dizer obrigado”, disse Edevaldo emocionado. José Nascimento Lima, também morador do asilo, relembrou seus tempos de cantor. “É uma maravilha. Música relaxa, muda a sintonia da nossa mente”, afirmou.

“Foi uma beleza a apresentação, todo mundo elogiando, mesmo aqueles que só ouviram do quarto. Que Deus abençoe vocês que estão amenizando o sofrimento dos nossos irmãos carentes”, afirmou dona Gilda Maria, da administração do asilo.

Moradores das proximidades também aproveitaram a música e esqueceram das dificuldades impostas pelo vírus, pelo menos por alguns instantes. “Estou emocionadíssima. Muito lindo. Nós não podemos sair de casa de forma nenhuma. Estou aqui ouvindo a música e esquecendo um pouquinho da quarentena”, afirmou dona Iara Barreto.

O sentimento dos músicos foi de missão cumprida. “Esse momento vem deixando muita gente com o psicológico abalado. É bom levar música e mudar um pouquinho a rotina que estamos vivendo. A música representa alegria, harmonia, que é o que nós buscamos trazer”, afirmou o sargento Meseque dos Santos. Os músicos encerraram a visita à cidade histórica tocando em frente à igreja da praça da Matriz.

Além da apresentação musical, o CBMSE realizou na semana passada uma live que arrecadou doações para o asilo e essa semana fará outra. Segundo dona Gilda, o asilo atende 30 idosos e vive de doações, que reduziram cerca de 90 % por conta da situação atual do isolamento, com a suspensão das visitas. “Nossas maiores necessidades no momento são alimentação, material para limpeza para os ambientes e fraldas, especialmente nos tamanhos G e GG”, finalizou. O telefone de contato para mais informações e doações é o (79)3261-1527.

Por Dinah Menezes
Fotos: Edmilson Leite