16 de maio de 2023, 11:12

Bombeiros participam da 4ª Etapa da FPI do São Francisco


Publicada em 09/05/2018

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) integra as equipes que atuam na 4ª Etapa da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (FPI do São Francisco), que iniciou na última segunda-feira (07), percorrendo nove cidades sergipanas. A ação, coordenada pelos Ministérios Públicos Federal e Estadual, conta com a articulação de 27 instituições e tem o objetivo de combater o desmatamento, a captação irregular de água, a extração irregular de minérios, o comércio de animais silvestres, a pesca predatória, o prejuízo aos patrimônios histórico e cultural e outros danos ambientais.

Ao todo, o CBMSE disponibilizou cerca de 20 militares, dentre guarda-vidas, mergulhadores e bombeiros especialistas em espeleologia. De acordo com o tenente-coronel BM Hector Monteiro, esta é a terceira vez que o Corpo de Bombeiros atua na FPI do São Francisco, prestando o apoio necessário principalmente no acesso seguro a locais que apresentam riscos de acidentes, seja em cavernas localizadas nas cidades ribeirinhas ou em áreas mais profundas do próprio rio.

“Há perigos potenciais neste tipo de fiscalização e nós temos profissionais qualificados para entrarem em ambientes subaquáticos e cavernas, com técnicas e conhecimento das áreas e dos animais que ali habitam. Os militares já conhecem e têm capacitação técnica para atuar caso alguém se machuque. Estamos com uma equipe aquática presente no município de Propriá, uma equipe de espeleologia na Mata do Junco, em Capela, e outra equipe, de mergulho arqueológico, atuando na cidade de Porto da Folha”, explica Hector.

Em setembro do ano passado, os profissionais do CBMSE que auxiliam a FPI participaram da descoberta de uma embarcação antiga no fundo do Rio São Francisco, no município de Neópolis, cujo naufrágio pode ter acontecido entre os séculos XVIII e XIX. A equipe de mergulhadores que fazia a varredura no local encontrou a embarcação a cerca de 6 metros de profundidade e a aproximadamente 40 metros da margem.