24 de maio de 2023, 10:25

Bombeiros são homenageados na passagem para a reserva remunerada


Publicada em 07/04/2022

Os subtenentes Almir Saturnino, Paulo Andrade e Cleverton Fonseca foram homenageados na manhã desta quinta-feira (07), no Quartel Central do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE), por ocasião da passagem para a reserva remunerada. Os militares foram recebidos pelo comandante-geral, coronel Alexandre José, e pelo subcomandante, coronel Luiz Henrique. Os militares foram agraciados com uma moeda comemorativa dos 100 anos da corporação e um brinde especialmente produzido para homenagear os integrantes do CBMSE que ingressam na reserva remunerada. A homenagem aos militares foi encerrada com o tradicional banho de mangueira no pátio do Quartel Central do CBMSE.

O comandante ressaltou a alegria de poder homenagear os militares. “Somos muito gratos por tudo que vocês fizeram pela corporação e pela sociedade sergipana. Vocês fazem parte da história centenária da nossa instituição. Ajudaram a construir essa história com dedicação e profissionalismo”, destacou o coronel Alexandre José.

O subtenente Cleverton Fonseca falou sobre as experiências vividas ao longo das três décadas de serviço. “ É um sentimento imensurável em ter participado, ter convivido na instituição bombeiro militar durante todo esse tempo. Aqui nós aprendemos, ensinamos, rimos e também choramos com muitas situações e atitudes. Agradeço a Deus por concluirmos nossa missão e agora retornarmos para os nossos lares com a sensação de dever cumprido” declarou, emocionado, o bombeiro.

Outro homenageado, o subtenente Paulo Andrade, também falou sobre sua história na corporação. “Agradeço a Deus por esse tempo vivido aqui. As muitas oportunidades que eu tive de partilhar uma vida de 30 anos com amigos, muitas vezes na dificuldade, no cumprimento das missões. Tenho muita satisfação de ter vivido todos esses anos servindo à sociedade sergipana trabalhando no Corpo de Bombeiros”, afirmou o bombeiro, ao ressaltar também a importância da iniciativa do comando em homenagear os profissionais que dedicam parte importante de suas vidas à corporação.

Sentimentos também compartilhados pelo outro homenageado, o subtenente Almir Saturnino. “Fico satisfeito em ter servido à sociedade durante todo esse tempo e agora que estou indo para casa. A sensação é de dever cumprido. Eu só tenho a agradecer a instituição por tudo”, afirmou.

Fotos: Sargento Fernandes e Jeová Cardoso