12 de maio de 2023, 11:05

CBMSE encerra Curso de Adestramento Básico Canino


Publicado em 03/12/2015

 

“Senhor, unistes o cão ao militar, tornando-os uma unidade de salvamento. Fazei do seu faro meus olhos, da sua audição meus ouvidos. A nós, que salvamos nos escombros; a nós, que salvamos nas florestas, conceda-nos forças para sempre buscar. Quando a busca for adversa e quanto mais difíceis forem os acessos, a determinação de nunca recuar. E ante a nobre missão de salvar, jamais fracassar”. Foi com esta oração que os alunos do 1º Curso de Adestramento Básico Canino (CABK-9), promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE), encerraram suas atividades nesta quarta-feira (02), no Quartel do Comando Geral, em Aracaju/SE.

Realizado desde o dia 23 de novembro, com um total de 48 horas/aula, o curso contou com 20 alunos, dentre bombeiros militares, policiais militares e guardas municipais de Aracaju, Estância, Propriá e Carmópolis.  Durante oito dias, a equipe do Serviço de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (SBRESC) do CBMSE capacitou os alunos quanto aos conhecimentos necessários para quem vai trabalhar com cães na área de segurança pública. Foram abordados diversos temas relacionados ao universo canino, tais como fisiologia, comportamento canino, raças, zoonoses, saúde, bem estar, adestramento, atendimento pré-hospitalar, legislação e ética.

Na oportunidade, o representante da turma, o capitão PM Flávio Sousa dos Santos, agradeceu a oferta de vagas para instituições coirmãs e disse que a pretensão é criar, no Canil da Polícia Militar de Sergipe, a especialidade de ‘salvamento’, para além do faro de drogas e explosivos e da atuação no controle de distúrbios civis. “Este curso foi importante tanto para interação quanto para disseminar conhecimento. Lá no Canil da PMSE, não temos esta pasta de salvamento. A partir de agora, pretendo criar esta pasta. Quero ressaltar também o brilhante trabalho da equipe do Canil do Corpo de Bombeiros, além de toda dedicação e comprometimento”.

Durante a solenidade de encerramento do curso, foram entregues diplomas aos três primeiros colocados do Curso, o aspirante BM Fabiano Queiroz, o 1º Sgt BM Luiz Marcos Marinho e a 2º Sgt BM Alessandra Gomes, respectivamente. De acordo com o coordenador do Curso, o tenente BM Alysson de Carvalho, toda a turma de alunos demonstrou grande potencial. “Quero destacar o excelente empenho do SBRESC, que comando há três anos. Os senhores (alunos) aprenderam aqui a ostentar o amor pelo cão e saberão trabalhar com esses animais, de forma a reduzir o tempo resposta das ocorrências. Estamos capacitados para dar a resposta que a sociedade sergipana merece”, disse o tenente Carvalho em seu discurso.

 

 

Para o comandante geral do CBMSE, coronel BM Regnaldo Dória, a realização do Curso de Adestramento Básico Canino foi importante para qualificar profissionais que já atuam com cães em ações de segurança pública e habilitar quem tem a intenção de trabalhar com cães em casos de emergência. “Fico satisfeito por este curso ter dado certo e por estarmos doutrinando profissionais do CBMSE e de outras instituições coirmãs a atuarem nesta especialidade. Os cães são ferramentas de trabalho em ações de resgate e salvamento e trabalhar com eles é uma demonstração de humanismo. Diante de uma tropa altamente profissional, só tenho a dizer que daremos continuidade a este curso nos próximos anos”, diz o comandante.

Segundo o sargento BM Ricardo Leal, o Curso foi uma experiência gratificante e enriquecedora, tanto profissionalmente quanto de forma pessoal. “O curso muda um pouco sua percepção de sensibilidade, de relacionamento e de trabalho com o animal. Em princípio, minha intenção foi aprimorar meu conhecimento pessoal, aprender como lidar com meus animais. Porém, nada impede que, surgindo oportunidades, eu venha a exercer função de adestrador. Quem faz um curso deste é porque gosta de cachorro”, afirma. A sargento BM Suyan Caroline Alves, que também foi aluna do Curso, reforça a afirmação do colega. “Achei gratificante as informações e conhecimentos obtidos. As instruções foram de alto nível e vão me ajudar bastante em possíveis ocorrências com cães. A disciplina que mais gostei foi comportamento canino, em que aprendemos a prever o comportamento dos cães. Com esta matéria, pude rever minha postura como proprietária e descobrir o que fazer para melhorar o comportamento do meu cão”.

Participaram também da cerimônia o diretor geral da Guarda Municipal de Aracaju (GMA), coronel PM José Enilson Aragão; o Chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Instrução (DEPI), major BM Max Oliveira; o diretor adjunto da GMA, capitão PM Jonatas Souza Santos e o coordenador do Grupo Tático Operacional da GMA, Tiago Emanuel Correia.

 


Site desenvolvido pela Emgetis com software livre - WordPress