11 de maio de 2023, 10:38

CBMSE participa do Projeto Ação Global/2014


Publicada em 26/04/2014

Certo de que o acesso à informação é imprescindível na prevenção de acidentes domésticos, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) expôs, neste sábado (26), durante a 21ª edição do Projeto Ação Global, equipamentos operacionais de combate a incêndio, mergulho e primeiros socorros. Ao todo, visitaram o stand cerca de 700 pessoas, que tinham ido à Escola do Sesi Roberto Simonsen, no Bairro 18 do Forte, em Aracaju/SE, para usufruir de serviços gratuitos como emissão de documentos e orientação jurídica.

Os bombeiros distribuíram revista institucional e explicaram ao público procedimentos em caso de vazamento de gás de cozinha, cuidados básicos que ajudam a evitar afogamentos, medidas a serem tomadas em princípios de incêndio e o manuseio de diferentes tipos de extintores. Além de orientar os cidadãos, a equipe do Corpo de Bombeiros mostrou como os materiais expostos são utilizados pelos profissionais em procedimentos de resgate, salvamento e combate a incêndio.

Para a dona de casa Maryjane Silva, de 41 anos, que cuida diariamente de 11 crianças, incluindo seus filhos e filhos da vizinhança, as orientações do CBMSE foram úteis. “Recebi aqui explicações adequadas e necessárias para mim. Não sabia como é que se usa um extintor em princípios de incêndio, antes de o fogo propagar. Aprendi até mesmo os princípios do fogo e que é preciso atacar a base do fogo para fazê-lo apagar. Eu tenho que saber tudo isso, por conta de todas as crianças que cuido”, ressaltou.

O uso dos equipamentos de proteção individual em casos de incêndio foi o que mais chamou a atenção das crianças e adolescentes, que quiseram experimentar a máscara respiratória. Com capacete na cabeça e cilindro de oxigênio nas costas, muitos sentiram na pele como é o dia-a-dia de um soldado do fogo, a exemplo de Uniel Lucas Campos, de 10 anos, que afirmou ter o sonho de se tornar bombeiro.

“Gostei muito de conhecer de perto o trabalho dos bombeiros. Muita coisa só tinha visto na televisão. Agora tenho certeza de que quero ser bombeiro quando crescer”, disse o garoto. Já Isabela Batista, de 9 anos, achou interessante a forma de atuação dos bombeiros, mas não consegue se imaginar nesta profissão. “Achei legal, mas é um trabalho difícil, com materiais pesados para se carregar. Não sabia que os bombeiros faziam todas essas coisas mostradas aqui”, revelou Isabela.

O Ação Global é um projeto fruto de parceria entre a Rede Globo e o Sesi, voltado à promoção de inclusão social e cidadania. Realizado simultaneamente em 26 cidades de todos os estados e no Distrito Federal, a iniciativa oferece, dentre outros serviços, emissão gratuita de documentos, assistência jurídica, consultas médicas, medição de pressão, testes de glicemia e palestras sobre prevenção de doenças.

Fonte:ASCOM/CBMSE