12 de maio de 2023, 09:54

CBMSE promove Seminário sobre Nascimento Humanizado


Publicado em 24/07/2015

 

O Centro de Humanização da Mente, Corpo e Espírito do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (Chamce/CBMSE) realizou, entre os dias 22 e 24, no auditório do quartel central, em Aracaju/SE, o 1º Seminário sobre Nascimento Humanizado. O evento contou com palestras, roda de conversas e vivências, abordando aspectos biológicos, psicológicos e emocionais da gestação, parto, criação dos filhos e desenvolvimento da criança nos primeiros dois anos de idade.

A iniciativa teve o apoio da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, Casa Casulo, Hospital Universitário, Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Secretaria de Estado da Saúde e Espaço Vital. Segundo a coordenadora do Chamce, major BM Sanany Alves, o Seminário abordou principalmente ações preventivas de cuidados no pré-natal, no parto e com o recém nascido.

“É importante que as mulheres saibam que existem estratégias para facilitar o parto normal. As cesarianas agendadas, mesmo com 40 semanas, podem não respeitar a maturação do bebê. Já o parto normal ajuda a aumentar a imunidade e prevenir doenças futuras. As medicações utilizadas no trabalho de parto podem causar sofrimento fetal. O evento colocou questões como essa em debate”, ressalta a major Sanany.

De acordo com o cabo BM José Marcelo de Oliveira, psicólogo do Chamce, cartas da ONU e da OMS, baseadas em evidência científica, deixam claro o quanto é preciso preparar-se para ser pais e mães conscientes e assim criar uma humanidade pacífica, harmônica, inteligente e fraterna. “Durante o evento, foram ensinadas técnicas de massagem no bebê pra desenvolver sua força emocional e discutidas as consequências psicológicas de determinados comportamentos dos pais com relação aos filhos. Por meio de vivências, foi promovido o fortalecimento do vínculo afetivo entre casais, bem como maior interação entre os colegas da instituição”, explica.

Para a coordenadora responsável pela Residência de Enfermagem da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Ana Dorcas,  a  palestra sobre a gravidez, parto e nascimento serviu  como  uma forma de divulgação do parto humanizado. “Um ponto importante é a presença cada vez mais forte do pai durante e após o parto. Com a maioria do público masculino do CBMSE, estamos tratando de inserir a ideia da necessidade da presença do pai no processo de parto e estar ao lado de suas esposas”, afirma Ana.

 

Já a pediatra antroposófica Dirce Fonseca, que ministrou uma palestra sobre a visão holística do desenvolvimento da criança nos primeiros 2 anos, reforçou a importância de conscientizar a população sobre o “ser criança”. “Alertamos sobre o respeito e os cuidados peculiares que demandam essa criança, além do olhar que precisamos ter frente a ela, seu desenvolvimento e a conduta com esse futuro adulto”, salienta a médica.

O Centro de Humanização da Mente, Corpo e Espírito do CBMSE foi instituído oficialmente no último dia 17, por meio da Portaria 071/2015. Considerado órgão de apoio da Diretoria de Pessoal, Ensino e Instrução e subordinado diretamente ao Departamento de Recursos Humanos, o Centro atua de forma multidisciplinar e visa prevenir o adoecimento e promover a qualidade de vida dos bombeiros militares. Os eventos promovidos pelo Centro pretendem tornar os bombeiros menos vulneráveis ao sofrimento físico e psicopatológico, melhorando suas relações interpessoais e proporcionando a elevação de sua inteligência emocional.

 

Programação

 

22/07/2015

9h: Conversando sobre a gravidez, parto e nascimento (Neyana Maria Coelho de Souza Prado e Joana Carvalho)

10h: Roda de conversa (Neyana Maria Coelho de Souza Prado e Joana Carvalho – Residentes R2 de enfermagem obstétrica)

23/07/2015

9h: Visão holística do desenvolvimento da criança nos primeiros 2 anos (Dra. Dirce Maria Paula Fonseca -pediatra antroposófica)

10h: Vivência Respirando e Renascendo (José Marcelo Barreto de Oliveira- psicólogo)

24/07/2015

9h: Aspectos psicológicos e emocionais na gestação, nascimento e criação dos filhos (José Marcelo Barreto de Oliveira)

10h: Vivências para casais e relações interpessoais (Silvia Andrade dos Anjos, Camila Sousa de Almeida – psicólogas e doulas; e Priscilla Gomes Vieira – Fundadora e Articuladora da Casa Casulo)