25 de julho de 2023, 12:28

CBMSE realiza ações em comemoração ao Dia Mundial de Prevenção a Afogamentos


Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE) através do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), realizou nesta terça-feira (25) ações alusivas ao Dia Mundial de Prevenção aos Afogamentos. No período da manhã, na Praia de Atalaia, foi realizado um treinamento sobre emergência envolvendo afogamento, que contou com a participação de alunos do Curso de Formação de Soldados (CFSD) sob a supervisão da equipe do GBS. Na ocasião, os militares também fizeram abordagens a banhistas passando dicas de prevenção a afogamentos. Outra ação alusiva à data, que é comemorada anualmente em 25 de julho, é a iluminação com luzes azuis de monumentos como os Arcos da Orla de Atalaia e da Igreja da Colina de Santo Antônio, na Zona Norte de Aracaju.

O Dia Mundial de Prevenção a Afogamentos foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 2021. O tenente Antônio Dória, que integra a equipe do (GBS) destacou a importância da data e da realização de ações preventivas e de alerta à temática dos afogamentos. “A prevenção continua sendo a melhor maneira de evitar afogamentos e salvar vidas, inclusive no ambiente doméstico. A principal causa de mortes entre crianças de um a cinco anos são os afogamentos. Por isso é importante que locais como caixas d’água, lavanderias, cisternas, ou até mesmo baldes, permaneçam tampados”, destacou o bombeiro.
O tenente Dória ressaltou ainda algumas outras mediadas que podem ajudar a prevenir a ocorrência de afogamentos como por exemplo: priorizar áreas de banho que tenham supervisão de guarda-vidas, não nadar depois de ingerir bebida alcoólica, manter o nível da água no máximo na altura da linha da cintura e sempre acompanhar as crianças em ambientes aquáticos.
Estatísticas
Segundo dados da Associação Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), 16 brasileiros morreram por afogamento por dia, em média, o que representa quase 6 mil óbitos por ano. Quase metade das ocorrências são registradas durante o verão. Ainda de acordo com a Sobrasa, o consumo de bebidas alcoólicas e outras atitudes imprudentes em ambientes aquáticos como rios, mar, piscinas e cachoeiras aumentam o risco de afogamento.

Em Sergipe, de 1º de janeiro até 25 de julho, foram registrados 23 óbitos por afogamentos Durante todo ano de 2022, foram 25 óbitos por afogamentos. Em relação aos salvamentos feitos pelas equipes do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) do CBMSE durante o ano passado, foram registrados 38 afogamentos não fatais. Desde o início deste ano foram registrados pelo CBMSE 09 (nove) afogamentos não fatais. De acordo com a Assessoria de Comunicação do CBMSE esses números podem ser ainda maiores, uma vez que em alguns casos a corporação não é acionada.

Por: ASCOM/CBMSE