10 de maio de 2023, 11:02

CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SERGIPE, 92 ANOS A SERVIÇO DA VIDA!


Publicado em 30/09/2012

 


Criado em 1º de outubro de 1920 por força do Decreto Governamental de nº 721 do Presidente da Província de Sergipe Dr. José Joaquim Pereira Lobo o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe nascia sob a denominação de “Seção Sapadores-Bombeiros” do Batalhão Policial da então Força Pública do Estado.

Assim como a maioria dos Corpos de Bombeiros pelo Brasil o CBMSE nasceu de um grande incêndio ocorrido naquele ano, o qual destruiu completamente a loja “Casa Celeste” que ficava no atual Centro Histórico de Aracaju, cujas chamas não se propagaram para os estabelecimentos vizinhos devido à intervenção da população, e dos tripulantes do Vapor Taquari que se encontrava ancorado as margens do rio Sergipe.

Em sua história se dão ainda as seguintes passagens, extinção em 05 de fevereiro de 1931 e reativação em 25 de maio do mesmo ano através de decretos do interventor federal no Estado Augusto Maynard Gomes, também nesse ano foi comissionando o 2º Sargento Amyntas Alves Barreto do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (antiga Capital no Rio de Janeiro) no Posto 1º Tenente Comandante da então Seção, sendo este o primeiro comandante da história da Corporação registrando-se ainda as primeiras aquisições de veículos da Instituição: um carro bomba a vapor e uma escada Magyrus ambos de tração animal.

No ano de 1935 é sancionada pelo Governador Eronildes Ferreira de Carvalho a Lei nº 10 de 02 de dezembro que transferiu para o Município de Aracaju a Seção com o efetivo e os materiais, somente em 29 de novembro de 1936 através do Ato nº 87 o então Prefeito de Aracaju Godofredo Diniz cria a Companhia de Bombeiros de Aracaju, em sua existência no Município de Aracaju destacam-se ainda a Lei nº 58 de 07 de outubro de 1955 que criou a Lei Supletiva e Reguladora (primeira Lei Orgânica da Corporação) e a Lei nº 73 de 21 de novembro de 1955 que transformou a Companhia em Corpo de Bombeiros Municipais de Aracaju, ambas na gestão do Prefeito José Conrado de Araújo.

A Corporação permaneceu na esfera municipal até 1984, quando através da Lei nº 2.506 de 27 de setembro daquele ano, sancionada pelo governador Dr. João Alves Filho, foi incorporada a Policia Militar do Estado, sob a denominação de Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de Sergipe com estrutura de grande Comando, o que ocorreu a partir de 1º de novembro do mesmo ano. Em 23 de dezembro de 1999, por força de Lei nº 4.194 de mesma data sancionada pelo governador Albano Franco, a corporação adquiriu autonomia administrativa e financeira, desvinculando-se da Polícia Militar, subordinando-se diretamente ao Governador do Estado com vinculação operacional a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Completando 92 anos nesta segunda, dia 1 de outubro, a Corporação só tem a se orgulhar do progresso que tem experimentado ao longo desses anos e parabenizar a todos os militares da Corporação, bem como àqueles que direta ou indiretamente contribuíram para que hoje, aos 92 anos de existência, se mantenha firme o nosso compromisso: Vidas Alheias e Riquezas Salvar.


Site desenvolvido pela Emgetis com software livre - WordPress