11 de maio de 2023, 09:41

GRUPAMENTO MARÍTIMO ALERTA SOBRE RISCOS A BANHISTAS


Publicada em 27/11/2013

 

Com aumento das temperaturas neste período do ano e a proximidade do verão cresce também o número de freqüentadores das praias sergipanas, especialmente as localizadas na Capital. A Atalaia e a Coroa do Meio são as mais procuradas e também as que registram o maior número de ocorrências, segundo informações do Grupamento Marítimo (GMAR) do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe.

De janeiro a outubro deste ano os Guarda-vidas do CBMSE realizaram 782 atendimentos, sendo a maior parte das ocorrências registradas em Aracaju. Além de atuarem em situações de afogamento, as equipes do GMAR também registram muitos atendimentos envolvendo crianças perdidas – ocorrência comum principalmente nos finais de semana e feriados -, além de vítimas de queimaduras por animais marinhos como caravelas e águas-vivas, dentre outros registros. Diariamente, os bombeiros sinalizam com placas e bandeirolas e permanecem em alerta nas áreas consideradas mais críticas para os banhistas.

De acordo com o Capitão BM – Eduardo, Sub- Comandante do GMAR, a praia da Coroa do Meio é a segunda mais freqüentada perdendo apenas para a Atalaia em fluxo de banhistas. Por estar localizada na foz do Rio Sergipe a Coroa do Meio requer atenção especial por parte das equipes de guarda-vidas, tendo em vista a correnteza que é muito intensa no local, especialmente nos horários em que a maré está vazando.

Já na Praia de Atalaia, que recebe o maior número de freqüentadores, o surgimento de buracos e valas em vários períodos do ano aumenta consideravelmente os riscos de afogamento, afirmou o Capitão Eduardo, destacando que a atenção dos guarda-vidas também  é redobrada nesses locais.

 

 

Dicas importantes para sua segurança: 

– Consulte o Guarda-vidas para saber as condições para o banho e para o surf antes de entrar na água.

– Se for pego por uma corrente, nadar diagonalmente a ela até conseguir escapar.

– Chame por socorro ou faça sinais se não conseguir sair da corrente.

– Nunca finja ter necessidade de socorro.

– Não superestime sua capacidade de nadar saindo para longe, a não ser que o percurso seja paralelo à praia e de fácil socorro.

– Observe sempre o movimento das crianças, mesmo quando o Guarda-vidas estiver por perto.

– Evite ingerir bebidas alcoólicas ou alimentos pesados antes e durante o banho de mar.

– Evite qualquer forma de vida marinha desconhecida ou agressiva.

Fonte: ASCOM/CBMSE