16 de maio de 2023, 11:00

Bombeiros controlam incêndio em supermercado


Publicada em 23/03/2018

 

 

 

 

 

 

 

Na noite da última quinta-feira (22), por volta das 19h30, o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) foi acionado para conter um incêndio que atingiu o depósito de um supermercado localizado na Avenida Gonçalo Prado Rollemberg, no bairro São José, em Aracaju (SE).

De acordo com informações do capitão BM Alysson Carvalho, o incêndio foi notado primeiramente pelos moradores da região, que estranharam o grande volume de fumaça que vinha do estabelecimento. “Quando a equipe do Corpo de Bombeiros chegou ao local, foi constatado que o incêndio poderia ter grandes proporções, mas felizmente os bombeiros, em conjunto com a equipe de brigadistas da loja, conseguiram debelar as chamas antes que a destruição fosse total”, diz.

Ainda segundo o militar, o incêndio teve início no depósito de armazenamento de papéis, um material inflamável, próximo à área do ar-condicionado. “O incêndio começou a ser combatido pela equipe de brigadistas da loja, que logo passou a contar com o auxílio dos bombeiros militares, comandados pelo tenente BM Walter César. Assim que a equipe chegou ao local, foi feita a evacuação da loja, devido à grande quantidade de fumaça que foi lançada para dentro do estabelecimento. O fogo limitou-se ao depósito, não atingido a loja, e não houve feridos ou vítimas fatais. As causas do incêndio ainda serão averiguadas”, explica o capitão Carvalho..

Incêndio no Presmil

Na madrugada desta sexta-feira (23), por volta de 1h, os bombeiros também apagaram um incêndio no Presídio Militar do Estado de Sergipe (Presmil), localizado na travessa Adauto Botelho, bairro Getúlio Vargas, em Aracaju (SE). Segundo o capitão BM Alysson Carvalho, o incêndio chegou a ser contido pela própria equipe do presídio e o Corpo de Bombeiros atuou de forma a evitar uma reignição do incêndio, garantido a segurança de todos os presentes no local. “Uma perícia será realizado para investigar as causas do incêndio. Não houve vítimas nem danos materiais significativos”, ressalta o capitão.