9 de maio de 2023, 09:34

Bombeiros resgatam corpo em cisterna na cidade de Lagarto


Publicado em 30/11/2008

Por Dinah Menezes

O corpo do catador de laranja Clenilson Antônio de Araújo, 28 anos, foi resgatado de uma cisterna com cerca de dez metros de profundidade pelo Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) no último sábado, dia 29 de novembro, no povoado Brasília, cidade de Lagarto.

O resgate foi feito pelos bombeiros do 3º Grupamento Bombeiro Militar, localizado na cidade de Itabaiana. Segundo o tenente José Odirlei Alves da Silva, a principal dificuldade no trabalho foi o acesso, pelo fato do poço ser profundo e estreito.

“Ao chegar no local, nosso primeiro passo foi fazer o isolamento para afastar os curiosos. Um bombeiro foi preparado com todo equipamento de proteção individual, uma roupa específica para esse tipo de trabalho e o equipamento de proteção respiratória, já que o corpo estava em estado avançado de putrefação e exalando muitos gases. Utilizando um aparelho de poço, ele desceu através de um cabo, fez as amarrações no corpo e subiu. Em seguida a vítima foi içada”, explicou o tenente.

O soldado Silvânio Santos do Patrocínio, que desceu no poço, conta que foi o resgate mais difícil que já ele fez desde que entrou na corporação, no ano de 2002. “As ocorrências que nós atendemos são normalmente acidentes automobilísticos, incêndios em residências, fogo no mato, entre outros. Foi a primeira vez que fiz esse tipo de trabalho, que é muito importante para que a família possa fazer o enterro do seu ente querido”, disse.

Segundo a irmã da vítima, Maria Helena do Nascimento, Clenilson estava desaparecido há cerca de dez dias e além de já ter um histórico de distúrbios psiquiátricos e tentativas de suicídio, tinha ainda envolvimento com drogas.