12 de maio de 2023, 09:55

Bombeiros terão sistema moderno de comunicação digital


Publicado em 13/08/2015

 

O serviço de atendimento 193 do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) ganhará maior agilidade com o novo sistema digital de radiocomunicação a ser implantado de forma integrada pelos órgãos que compõem a Secretaria de Estado da Segurança Pública. A inovação foi apresentada na última quarta-feira (12), pelo governador Jackson Barreto, no auditório do Banese do Bairro São José, em Aracaju.

Com um investimento de mais de R$ 24 milhões, a criação do Parque Tecnológico de Comunicação Digital irá melhorar o compartilhamento de informações entre o CBMSE, as Polícias Civil e Militar e a Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp). A previsão é de que, até maio do próximo ano, estejam instaladas a central e todas as 15 estações de rádio base integradas ao Ciosp, além dos 389 terminais fixos, 971 terminais veiculares com localização GPS, 1659 terminais portáteis e 15 consoles de despacho.

A empresa espanhola Teltronic, vencedora do processo licitatório, será a responsável pela conversão do sistema analógico para o sistema digital. Além disso, o projeto prevê adequações físicas e trará mais qualidade na troca de informações entre as equipes e mais rapidez no atendimento à população, especialmente quanto à resposta imediata e eficaz de ocorrências.

Segundo o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSE), coronel BM Regnaldo Doria, o sistema que será implantado irá facilitar muito, pois diminuirá o tempo para solucionar todas as ocorrências da segurança pública. “O uso da tecnologia para sanar problemas de segurança pública trará mais agilidade, pois permitirá o gerenciamento e o acompanhamento de toda rede remotamente, independente de onde o usuário esteja”, afirma o comandante.

De acordo com o secretário de Estado da Segurança Pública, Mendonça Prado, a nova ferramenta tecnológica trará um ganho significativo para a população sergipana. “Seremos o primeiro estado do Brasil com 100% de seu território coberto com comunicação digital e, sem dúvidas, irá revolucionar a comunicação no setor de segurança. Todos os operadores de segurança estarão interligados. O policial do sul do Estado, por exemplo, poderá se comunicar com policiais da região norte. Teremos os serviços disponibilizados para a nossa sociedade cada vez melhor e com mais qualidade”, ressalta o secretário.