9 de dezembro de 2023, 08:12

CBMSE participa da 4ª reunião da LIGABOM


A 4º Reunião Presencial do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (LIGABOM) aconteceu nos dias 05 e 06 de dezembro, na Academia de Bombeiros Militares do Distrito Federal, com o objetivo de apresentar os trabalhos desenvolvidos pela LIGABOM em 2023, bem como a apresentação das demandas das corporações, palestras a respeito da padronização nacional das identidades funcionais das instituições de segurança pública, e a apresentação do grupo de trabalho referente a padronização das características mínimas dos bens comuns a serem adquiridos pelos Corpos de Bombeiros militares do Brasil.

Participaram do evento, o secretário nacional de Segurança Pública, Francisco Tadeu Barbosa de Alencar, o deputado federal Pedro Aihara, o presidente da LIGABOM e coronel Corpo de Bombeiros do Mato Grosso (CBMMT), Alessandro Borges Ferreira, os representantes das corporações dos estados e do Distrito Federal, além de diversas outras autoridades. Sergipe foi representado pela Subcomandante-geral, Cel Maristela, jutamente com a tenente-coronel Márcia, que foi agraciada com a ordem de Mérito Bombeiro Miltiar do Estado de Mato Grosso.

Aconteceu também uma reunião com os cadetes do CBMSE que estão fazendo o CFO no Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, ocasião em que a coronel Maristela agradeceu à comandante do CBMDF, coronel Mônica Miranda, por todo apoio e parceria com o Corpo de Bombeiros de Sergipe.

A coronel Maristela Xavier, destacou a importância do Conselho. “A LIGABOM completa 20 anos, fundada em 10 de dezembro de 2003. Ao longo de sua existência tem atuado na defesa e promoção dos interesses institucionais dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil. O Conselho têm em sua gênese a cooperação e a empatia institucional, promovendo os valores de defesa da vida, compromisso público, responsabilidade social, transparência e cooperação. Hoje é possível ter acesso ao que há de melhor nos Corpos de Bombeiros Militares como cursos, capacitações, equipamentos, operações em conjunto de resposta a desastres, graças ao ecossistema colaborativo em rede promovido pela LIGABOM”, ressaltou.

Por: ASCOM/CBMSE