10 de maio de 2023, 10:38

COLISÃO AUTOMOBILÍSTICA TERMINA EM ÓBITO


Publicada em 17/05/2012

 

No dia 15 de maio, terça – feira, no turno da tarde, ocorreu uma colisão entre um carro de passeio (GOL), placa HZU-6753 Rosário do Catete – SE, e uma carreta de cor branca, que transportava cloreto de sódio. O condutor do veículo menor, Givaldo Menezes Garção, 62 anos, em óbito, encontrava-se preso às ferragens. Foi feita a extricação (retirar uma vítima de um local do qual ela não pode, ou não deve sair por seus próprios meios), do corpo e entregue ao IML. Edvaldo da Silva, 28 anos, era o condutor da carreta. A ocorrência foi atendida pelo 5º Grupamento Bombeiro Militar, localizado no município de Nossa Senhora de Socorro – SE. A colisão aconteceu na BR-101, próximo a cidade de Maruim.

A violência é um mal que atinge a todos, independente do tempo, das diversas tradições culturais e suas mútiplas diferenças , seja nos registros religiosos, políticos ou simbólicos, ela sempre existiu como uma invariante que caracteriza a sociedade. O trânsito é um indicador de como anda a personalidade brasileira. Reflete, muitas vezes, a violência, o desprezo pelas leis, o desrespeito para com o próximo. O “jeitinho brasileiro” que no trânsito consiste, muitas vezes, em desconsiderar que outros compartilham das vias públicas e mereceriam igual respeito, a pressa ou comodidade não são prioritárias, e a imprudência, negligência dos motoristas embriagados, contribue para o medo e insegurança da população. O Corpo de Bombeiros prioriza os atendimentos que atingem a integridade física e segurança da vítima, tenta de forma rápida, e com técnicas eficientes que agilizam o procedimento no atendimento, reduzir os danos provocados por estes eventos nocivos. Porém, para a construção de uma sociedade mais segura e com menos acidentes, é necessário uma conscientização por parte da sociedade, como meio influenciador da pessoa, e a família, como formador da base e do caráter do indivíduo.

Outros dois exemplos de violência no trânsito, aconteceram no dia 11 de maio, sexta-feira, nos município de Estância e Aracaju.

Após ultrapassagem na BR 101, carro capota e cai em ribanceira. Os bombeiros militares de Estância, rapidamente, se deslocaram ao local. Foram três vítimas feridas. Além de técnicas de resgate veicular, para a retirada de pessoas presas nas ferragens do veículo, procedimentos de atendimento pré-hospitalar foram efetuados junto com os profissionais do Samu.

Enquanto na grande capital de Sergipe, colisão entre dois veículos, acabam atingindo pedestre que se locomovia na calçada. Vítima: Fátima Munise Neves de Castro Oliveira, 20 anos . Um FIAT UNO, cor preta, placa HZV-5541 São Cristóvão – SE, vinha pela rua Campo do Brito, e um SIENA, placa JQP-7772 Salvador – BA, que vinha pela rua Lagarto, colidiram e o Fiat Uno avançou a calçada atingindo a pedestre. A vítima se encontrava orientada, consciente e sem sinais de fraturas, queixando-se de muitas dores nas costas, foi imobilizada e conduzida ao Hospital Primavera.

(fonte: DETRAN -SE, extraída do endereço: http://www.detran.se.gov.br/estat_boat_004.asp, às 10hs30min, do dia 17 de maio de 2012)