24 de maio de 2023, 10:18

Corpo de Bombeiros atendeu 112 ocorrências durante o carnaval


Publicada em 03/03/2022

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE) atendeu 112 ocorrências durante o período do carnaval de 2022. Além dos bombeiros de plantão nos quartéis da corporação, 94 guarda-vidas atuaram em escalas extras na capital e no interior do Estado. O trabalho de prevenção atingiu um público de cerca de 1500 pessoas por dia. Nesse período, foram registrados 7 afogamentos, entre eles dois óbitos, um na barragem de Campo do Brito e outro na cachoeira de Macambira. Além disso, foram registradas também diversas ocorrências de crianças perdidas.

“É importante trabalhar de forma preventiva nesse período, tendo em vista o número significativo de pessoas que buscam as áreas de banho e seus riscos inerentes. Desta forma é crucial que o CBMSE desenvolva cada vez mais ações desse tipo, pois assim diminuímos os riscos e preservamos a vida, mantendo nosso compromisso de bem servir à sociedade”, destacou a Diretora Operacional do CBMSE, tenente-coronel Maria Souza.

Foram realizadas escalas extras de militares visando a prevenção, fiscalização e orientação durante o carnaval nos municípios de Aracaju (praias da Coroa do Meio, Atalaia e Aruanda), Barra dos Coqueiros (Praia da Costa), Nossa Senhora do Socorro (Prainha), Itaporanga (Caueira), Estância (Abaís, Praia do Saco), Campo do Brito (barragem) e Lagarto (barragem).

O afogamento com óbito na barragem de Campo do Brito aconteceu no domingo (27). A equipe que estava no local foi informada por populares do desaparecimento. Foram feitas buscas e localizada a vítima, sendo realizados os procedimentos de primeiros socorros, com reanimação cardiopulmonar. “O homem foi levado ao hospital com vida, mas infelizmente foi a óbito”, afirmou o assessor de comunicação do Corpo de Bombeiros, coronel Jairo Cruz.

O outro óbito foi registrado na cachoeira de Macambira, também no domingo. A guarnição do quartel de Itabaiana foi encaminhada ao local. A informação passada por familiares é de que a vítima, do sexo masculino não sabia nadar. A guarnição atuou no resgate do corpo junto a familiares, que ficou sob os cuidados da Polícia Militar e do Instituto Médico Legal (IML).

Os bombeiros distribuídos nos plantões nos quartéis da capital e do interior atenderam 94 ocorrências no carnaval. Foram 24 do tipo busca e salvamento, entre elas resgate de pessoas, animais, retirada de anel entre outras. Incêndios em vegetação foram 23 e 12 incêndios urbanos. Além disso, foram realizadas 24 orientações via Ciosp e 4 acidentes automobilísticos.