11 de maio de 2023, 09:44

CORPO DE BOMBEIROS ENCERRA CURSO DE INSTRUTORES DE RESGATE VEICULAR


Publicada em 11/12/2013

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) promoveu, nesta segunda-feira, dia 09, em Aracaju/SE, a cerimônia de encerramento do Curso de Formação de Instrutores de Resgate Veicular (CRVI). Realizado por meio de convênio firmado entre o CBMSE e a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça (SENASP/MJ), o curso durou três semanas e contou com a participação de 24 bombeiros dos Estados do Amapá, Bahia, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Piauí e Sergipe.

Ao todo, os profissionais tiveram 184 horas de aula, com instruções práticas e teóricas, tratando de temas que vão desde o planejamento educacional até o manuseio e manutenção de aparelhos desencarceradores e a dinâmica dos acidentes automobilísticos. Em uma das últimas avaliações da aprendizagem, os alunos atuaram em um simulado de acidente automobilístico com vítimas presas nas ferragens, sendo avaliados quanto ao uso correto e ágil das técnicas repassadas nas instruções.

Segundo o comandante do CBMSE, coronel Nailson Melo Santos, a iniciativa é importante para aprimorar os serviços prestados pela corporação, qualificando os profissionais e reduzindo o tempo resposta de resgate e salvamento de vítimas de acidente envolvendo veículos de pequeno e grande porte. “Cada realização de um curso como esse é um momento de alegria, pois demonstra o crescimento e sucesso da corporação. Estamos colocando a doutrina de resgate veicular do Corpo de Bombeiros de Sergipe em nível nacional. Isso engrandece o nome da CBMSE”, ressalta.

O coordenador do CRVI, tenente BMSE João Adauto de Oliveira Meneses, também destacou os avanços do Corpo de Bombeiros de Sergipe, que desde 2007 tem aperfeiçoado as técnicas de resgate veicular. “Foi uma longa jornada para criação de protocolo e doutrina interna. Hoje, servimos de exemplo no país, chegando a capacitar instrutores para ministrar esse curso em outros estados”, diz o tenente.

Para o cabo BMSE José Cordeiro, o curso foi importante para atualizar o conhecimento de técnicas especiais de desencarceramento, levando-se em consideração o uso das novas tecnologias da indústria automobilística. “O que mais achei interessante no curso foi a visita que fizemos a uma fábrica de blindagem de veículos em Recife/PE, pois aprendemos como romper a estrutura dos veículos blindados para retirada de vítimas com segurança”, explica Cordeiro.

O capitão BMMG Ricardo Marisguia Mendes, que participou do curso e fez, na formatura de encerramento, um discurso em nome da turma, parabenizou o CBMSE pelo know-how e por repassar esse conhecimento a outras corporações do país. “O curso permite otimizar a atuação em várias frentes e agilizar o atendimento às vítimas. Sergipe tem competentes instrutores e agradecemos a oportunidade de aprender”.

Já o tenente BMAP Huerllen Félix Miranda, aluno que acabou de receber o brevê do curso, observou que o mais importante foi a troca de conhecimento entre os diversos profissionais dos estados. “Já estou com um projeto para realizar, no Amapá, um curso de resgate veicular no próximo ano. A idéia é levar instrutores de Sergipe para lá”.

Fonte: ASCOM/CBMSE