24 de maio de 2023, 09:54

Corpo de Bombeiros participa de mapeamento de áreas de risco nos cânions do Rio São Francisco


Publicada em 18/02/2022

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE) está participando do mapeamento das áreas de risco nos cânions do Rio São Francisco. O trabalho está sendo desenvolvido pelo Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM), com o apoio de vários órgãos, e foi solicitado pelo Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec/SE).

“O Corpo de Bombeiros tem papel imprescindível durante esse trabalho de setorização das áreas de risco, visto que são os profissionais que atuam diretamente durante as atividades preventivas. Além disso, caso ocorram os desastres, trabalham prontamente nas ações de respostas às vítimas”, afirmou o diretor do Depec, tenente-coronel BM Luciano Queiroz.

Segundo ele,a solicitação do mapeamento foi feita após o desastre que aconteceu no município de Capitólio, Minas Gerais. “Por conta da semelhança entre os paredões de Capitólio e os dos Cânions de Xingó, realizamos uma reunião com o Ministério do Turismo, a fim de que fossem viabilizados profissionais do Serviço Geológico do Brasil, que eles são especialistas no assunto. Nossa solicitação foi aceita e estão sendo feitas análises técnicas de estabilidade com o objetivo de indicar possíveis zonas de risco e desprendimento de algum paredão “, explicou.

O mapeamento teve início no dia 14 de fevereiro e prossegue até o próximo dia 22. Além do Corpo de Bombeiros, participam da força-tarefa para a realização do trabalho a Marinha, geólogos da Universidade Federal de Sergipe (UFS), da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma) e de técnicos da Defesa Civil de Sergipe e Alagoas e da Defesa Civil Municipal de Canindé do São Francisco, além de técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Por Dinah Menezes
Fotos: Depec/SE