3 de janeiro de 2024, 12:42

Corpo de Bombeiros resgatou 19 vítimas no desabamento de edificação com várias unidades residenciais em Aracaju


O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) resgatou 19 vítimas no desabamento após explosão de uma edificação com várias unidades residenciais em Aracaju. A ocorrência aconteceu na manhã do último domingo (31), na avenida João Ribeiro, bairro Santo Antônio. Os trabalhos de busca e resgate das vítimas foram concluídos pela corporação no final da manhã desta terça-feira (2). Foram 14 vítimas resgatadas com vida e cinco em óbito. Os detalhes de toda a operação foram apresentados pelos órgãos envolvidos em um entrevista coletiva no Quartel Central, na manhã desta quarta-feira (3).

“Fomos acionados na manhã do dia 31. Foram encaminhadas ao local equipes de Aracaju e Nossa Senhora do Socorro. Montamos o Sistema de Comando de Incidentes (SCI). Foram em média 50 bombeiros por dia atuando nessa ocorrência, divididos em equipes que foram se revezando para que o trabalho fosse contínuo, visando o resgate das vítimas com a maior brevidade possível”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Fábio Cardoso.

Ele explicou como os trabalhos foram desenvolvidos. “Contamos com equipes de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (BREC) e do Serviço de Busca, Resgate e Salvamento com Cães (SBRESC). Todo o trabalho precisou ser bastante cuidadoso para a realização das buscas com segurança. Os nossos cães indicavam os locais onde possivelmente estavam as vítimas e as equipes de busca e salvamento iniciavam o trabalho de remoção dos escombros, observando riscos e ameaças, estabilizando o terreno, até acessar as pessoas para a retirada”, apontou o coronel Fábio.

Segundo o comandante, a atuação em conjunto de diversos órgãos foi fundamental na ocorrência. “Foram resgatadas duas vítimas presas em ferragens, outras em situação de risco iminente de queda, em locais de difícil acesso, totalizando 14 pessoas resgatadas com vida. Infelizmente foram cinco óbitos. Quero agradecer a todos os integrantes do Corpo de Bombeiros pelo empenho no resgate. Bem como toda a estrutura disponibilizada pelo Governo do Estado e Prefeitura de Aracaju, além do apoio da iniciativa privada. A eficiência na atuação foi resultado de um trabalho integrado. Agora passamos para o trabalho de perícia, feito pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Científica, além da análise estrutural a cargo da Defesa Civil Municipal “, concluiu.

Participaram do atendimento à ocorrência Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil Estadual e Municipal, Polícia Militar, SAMU, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Infraestrutura (Sedurbi), Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Secretaria Municipal de Assistência Social e Torre.