12 de maio de 2023, 10:43

Formatura celebra os 95 anos do Corpo de Bombeiros de Sergipe


Publicada em 01/10/2015

 

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE) promoveu, na manhã desta quinta-feira (1º), no quartel central, em Aracaju/SE, uma formatura em homenagem aos 95 anos da corporação. Na oportunidade, foram entregues medalhas por tempo de serviço e honra ao mérito a autoridades, policiais e bombeiros que prestaram relevantes serviços à corporação.

O comandante do CBMSE, coronel BM Regnaldo Dória, destacou a importância histórica da corporação, destacando que o Corpo de Bombeiros está em permanente construção e ressaltando o apoio e a participação dos seus integrantes. “Orgulho-me por estar aqui neste momento e sinto-me honrado em fazer parte desta extraordinária trajetória. Juntos, deixaremos um legado de competência, integração e renovação. São com as ações cotidianas de cada praça e de cada oficial que a história do Corpo de Bombeiros se engrandece”, disse o comandante em seu discurso.

O coronel Dória também ressaltou que nenhum avanço seria possível se não houvesse a competência conjunta daqueles bombeiros que gerenciam e daqueles que executam as ações em nível operacional. “Estou convicto de que cada um de vocês que veste a farda do Corpo de Bombeiros é o verdadeiro responsável pelo sucesso da corporação. Devemos nos manter firmes no cumprimento da nossa missão com trabalho, dedicação, inteligência e entrega exemplar, honrando todos aqueles bombeiros que nos antecederam”.

Segundo um dos agraciados com a medalha de honra ao mérito, o 1º tenente BMSE Isaias Souza, a homenagem é, sem dúvidas, um reconhecimento importante do comando pelos anos de serviços prestados pelo bombeiro militar. “Desde os anos 90, quando ingressei no CBMSE como soldado, dediquei minha juventude à instituição e à sociedade sergipana”, afirma o tenente. “É uma honra receber esta medalha pelos meus 27 anos de serviços prestados, a última medalha da carreira militar”, ressalta o 1º tenente BMSE Gercilon Ferreira.

Além de bombeiros sergipanos, receberam medalhas de honra autoridades do Estado, oficiais da Polícia Militar de Sergipe e bombeiros militares de Alagoas, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Paraná e Rio de Janeiro. “Sentimos-nos honrados em receber a condecoração por parte dos bombeiros de Sergipe, uma co-irmã da nossa corporação. É uma felicidade saber que a corporação está viva, ativa e evoluindo no processo de renovação dentro da instituição”, afirma o soldado BMAL Thiago Bulhões de Almeida, programador da Diretoria de Tecnologia da Informação do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, que ajudou o CBMSE na implantação do Sistema de Acompanhamento de Projetos de Segurança (SAPS).

 

 

O capitão BMAL José Tenório de Barros Filho, do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas, que também ajudou o CBMSE na implantação do SAPS e recebeu medalha de honra ao mérito, salientou que se sentiu “honrado pela medalha e feliz em contribuir com a Diretoria de Atividades Técnicas (DAT) do CBMSE, para a qual foi fornecido um sistema que cuida de toda a parte de vistoria e análise de projetos”.

Do Estado do Rio de Janeiro, onde foi fundado o primeiro quartel de bombeiros do Brasil, a major BMRJ Joyce Pereira, agradeceu o recebimento da medalha. “É um prazer estar em Sergipe e, antes de tudo, uma honra poder participar da comemoração dos 95 anos do CBMSE e ganhar esse reconhecimento tão lindo”, afirma a major.

A formatura militar foi um dos principais eventos da programação da Semana Alusiva aos 95 Anos do CBMSE. Desde a última segunda-feira (28), estão sendo realizadas diversas atividades esportivas, culturais, preventivas, de saúde e lazer, com o objetivo de comemorar os avanços da corporação, além de motivar e integrar a tropa.

O Corpo de Bombeiros foi criado em 1º de outubro de 1920, após um grande incêndio ocorrido no centro histórico de Aracaju.  Até o ano de 1935, ele esteve incorporado à força pública do Estado, passando, no período de 1936 a 1984, à administração da Prefeitura de Aracaju. Já em 1984, a instituição passou a pertencer à Policia Militar do Estado, com estrutura de batalhão, e, somente em 1999, adquiriu autonomia administrativa, ficando diretamente subordinada à  Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Atualmente, a corporação é composta por 581 militares e possui unidades operacionais em Aracaju, Estância, Itabaiana, Nossa Senhora do Socorro, Lagarto e Propriá. Dentre os principais avanços recentes da corporação estão a permanente capacitação do efetivo, renovação da frota, aquisição de novos equipamentos, realização de reformas estruturais, garantia de melhores condições de trabalho, promoção de ações de valorização profissional e preocupação com uma maior qualidade de vida à tropa.