16 de maio de 2023, 09:10

Formatura marca abertura e encerramento de cursos no CBMSE


Publicada em 18/04/2016

 

O Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE) realizou, na manhã desta segunda-feira (18), no Quartel do Comando Geral, Centro de Aracaju/SE, uma formatura para dar início ao Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) 2016 e marcar o encerramento do Curso de Formação de Cabos (CFC). Ao todo, 49 sargentos dos quadros de combatente, condutor, músico, manutenção e de saúde cursarão o CAS, enquanto o CFC contou com 26 alunos.

O Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos será realizado até o dia 03 de junho, com duração de cerca de seis semanas e carga horária de 254 h/a, nas modalidades presencial e semipresencial. Estão previstas, na grade curricular, 13 disciplinas, distribuídas em 06 Módulos: Sistema, Instituições e Gestão Integrada em Segurança Pública; Conhecimentos Jurídicos; Valorização, Profissional e Saúde do Trabalhador; Comunicação, Informação e Tecnologias em Segurança Pública; Cultura, Cotidiano e Prática Reflexiva; e Funções, Técnicas e Procedimentos em Segurança Pública.

De acordo com o chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Instrução (DEPI) do CBMSE, major BM Max Oliveira Meneses, o curso de aperfeiçoamento é pré-requisito para ascensão na graduação profissional dos 2ª sargentos. “Trata-se de uma atualização do conhecimento na área de bombeiro. Os alunos terão várias matérias específicas na área de salvamento, resgate veicular, busca e resgate em estruturas colapsadas, atendimento pré-hospitalar, combate a incêndio e outras, todas essenciais para a formação do aluno”, explica.

Os alunos do CFC também foram capacitados em todas essas áreas citadas pelo major. Eles receberam instruções teóricas e práticas que abrangeram temáticas que vão desde conhecimento jurídico até operações aéreas. Iniciado em 25 de janeiro deste ano, o curso teve duração de 406 horas, com 17 disciplinas distribuídas em sete módulos. Para o aluno CFC Gabriel Davino Júnior, primeiro colocado no curso, o CFC foi inovador em relação aos já realizados anteriormente, que chegavam a durar cerca de seis meses. “As aulas tiveram duração de dois meses e deram prioridade à parte técnica e profissional. O curso foi muito proveitoso, com foco nas técnicas que nós bombeiros mais usamos no dia a dia”, diz Davino.

A previsão é de que o Corpo de Bombeiros continue investindo na capacitação dos seus profissionais. Ainda este ano, serão realizados mais outros três cursos de formação, além de especializações. “Nós abriremos mais uma turma de formação de cabos, que se inicia logo após o encerramento dessa turma de aperfeiçoamento de sargentos, e um Curso de Formação de Sargentos. Teremos também, em nosso planejamento, um curso de habilitação de oficiais administrativos e alguns cursos na área de especialização, como Curso de Salvamento Veicular e Curso de Busca e Resgate com Cães”, ressalta o major Max.

Além do chefe do DEPI, a solenidade contou com a presença do comandante geral do CBMSE, coronel BM Regnaldo Dória; do diretor da Academia de Polícia Civil (Acadepol), delegado Jocélio Froes; do subcomandante geral do CBMSE, coronel BM Eduardo Carlos Pereira, e do diretor do Departamento de Pessoal, Ensino e Instrução (DPEI) em exercício do CBMSE, coronel BM Laudemir Dias.