19 de maio de 2023, 09:25

Governo promove oito oficiais do Corpo de Bombeiros


Publicada em 18/06/2020

O governador do Estado, Bevivaldo Chagas, promoveu, por meio de decreto publicado na última quarta-feira (17), oito oficiais do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE). Com a promoção, que ocorreu por critério de antiguidade, dois profissionais alcançam o posto de 1º tenente, quatro capitães passam a ser majores e dois oficiais superiores chegam ao posto de tenente-coronel.

Para o novo 1º tenente do quadro de oficiais administrativos (QOABM) Jones Elvis Queiroz, que tem 26 anos de serviço, este novo passo na carreira traz ainda mais responsabilidade. “Sinto-me feliz com mais uma conquista. Nestes últimos quatro anos que faltam (até chegar à reserva remunerada), vou continuar fazendo o meu melhor para servir à população sergipana, com orgulho de integrar esta briosa corporação”, explica.

O aumento da responsabilidade após a promoção também foi citado pelo tenente-coronel QOBM Jairo Cruz, que deixou para trás o posto de major. “Agradeço a todos que estiveram ao meu lado nesses quase 24 anos de serviço. Ingressei na corporação em 20 de agosto de 1996 e, neste momento, sinto a mesma satisfação e alegria que tive na primeira promoção aqui no Corpo de Bombeiros. Estou feliz com a promoção, mas ciente de que, com o aumento do posto, aumenta a responsabilidade”, diz Jairo.

Com uma bagagem de 28 anos de carreira, o 1º tenente QOABM Sinério dos Santos, que entrou na corporação como soldado, emociona-se ao lembrar a difícil trajetória até realizar o sonho de tornar-se bombeiro. “Tudo o que faço, faço com amor. Quando resolvi ser bombeiro, me orgulhava do meu pai, que era bombeiro também. Trabalhei com ele ainda por dez anos. Meu pai dizia que eu deveria trabalhar naquilo que eu gostasse, fazendo o que eu gosto. Hoje tenho orgulho de ter seguido a carreira dele. Nasci em uma colônia de pescadores, morei em casa de palha. Eu pescava muito com 12 anos de idade e até tirei carteira de pescador. Pescava de dia e estudava à noite, até que consegui ser soldado do Corpo de Bombeiros. Agradeço a todos que depositam sua confiança em mim”, revela o tenente.

Os oficiais desempenham funções de comando, referentes à liderança de pessoal na execução de atividades administrativas e operacionais de competência do Corpo de Bombeiros, em todas as áreas de atuação.

Por Danielle Azevedo