9 de maio de 2023, 11:38

Incêndio destrói fábrica no Padre Pedro


Publicado em 02/02/2009

Na manhã desta quarta-feira (2), um incêndio destruiu por completo uma fábrica que produzia estopa no Conjunto Padre Pedro, provocando momentos de desespero na população que nada podia fazer senão acionar as equipes do Corpo de Bombeiros.

A ocorrência teve início por volta das 8 h e 25 minutos da manhã, conforme registro do CIOSP (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública), desencadeando uma grande operação de combate a incêndio, que reuniu cerca de 35 bombeiros e 7 viaturas operacionais.

Quando as guarnições chegaram ao local, havia uma multidão de curiosos, uns observando e outros, infelizmente, procurando o que saquear. “É lamentável ver as pessoas se comportando daquela forma, sem o menor respeito, sem consciência, sendo obrigada a presença da Polícia Militar para isolar a área”, comentou o Soldado Fabiano, que mesmo de férias se deslocou para somar forças com o pessoal de serviço.

Ainda não se sabe as causas do incêndio, mas um laudo pericial será produzido pelos peritos do Corpo de Bombeiros, que devem apontar as causas do incêndio num prazo máximo de 30 dias. O que se sabe, no entanto, é que no local não havia qualquer tipo de preventivo contra incêndio, como extintores, sinalizações etc. fundamentais para edificações onde são manipulados produtos que representam uma carga-incêndio daquela magnitude, levando a crer que a atividade era irregular (clandestina).

No momento do incêndio, duas pessoas trabalhavam na fábrica, mas não sabem informar como o fogo começou. Os “funcionários” saíram rapidamente e não sofreram ferimentos, ficando registrados apenas os prejuízos materiais para os proprietários que ainda não foram identificados.

matérias afins:http://www.jornaldacidade.net/2008/noticia.php?id=49594 http://www.atalaiaagora.com.br/conteudo.php?c=9408&sb=1