9 de maio de 2023, 11:33

Mulheres ampliam cada vez mais suas atuações nas organizações militares


Publicado em 13/10/2009

Foi no serviço de prontidão da segunda-feira (12), que o Corpo de Bombeiros integrou ao quadro dos condutores de viaturas operacionais o soldado Fernanda, ampliando ainda mais a atuação das mulheres na carreira bombeiro-militar.

Habilitada para conduzir veículos automotores como caminhão, ônibus, além de outros, Fernanda se tornou a 1ª mulher a dirigir uma viatura operacional de emergência na Corporação.

Thaíse Fernanda tem 22 anos, cursa Nutrição na Universidade Federal de Sergipe e escolheu a profissão por vocação. “Ser bombeiro é a realização de um sonho de criança”, comentou Fernanda.

Para os colegas de profissão da estreante, trabalhar com ela é motivo de muito orgulho. “Fernanda é uma profissional padrão, dedicada e responsável e, por isso, todos nós deveríamos nos espelhar nela. Ela está provando para todos que as mulheres podem fazer a diferença em um ambiente onde, historicamente, predominou a presença masculina”, comentou o soldado Fabiano Fernandes, que trabalha na mesma guarnição de serviço do soldado Fernanda.