9 de maio de 2023, 10:02

Solenidade de passagem de comando do CBMSE aconteceu nesta segunda-feira


Publicado em 02/02/2009

Por
Dinah Menezes

Numa solenidade prestigiada por diversas autoridades militares e civis, entre elas o governador do Estado de Sergipe, Marcelo Déda, aconteceu na manhã desta segunda-feira, dia 2 de fevereiro, a passagem de comando do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBMSE). No Quartel do Comando Geral (QCG) da corporação, o coronel Nailson Melo Santos assumiu o cargo em substituição ao coronel Reginaldo Santos Moura.

“A busca pela qualificação profissional dos integrantes do Corpo de Bombeiros foi uma marca da minha gestão. Mais da metade da minha vida na corporação foi dedicada à área de ensino e eu não podia deixar passar essa oportunidade. Foram feitos vários cursos, qualificações, a contratação de 100 novos militares, entre outros. O sentimento é de missão cumprida, resultado de muitas lutas objetivando sempre a melhor prestação de serviço. Dentro das nossas limitações, acredito que posso descansar vendo que o Corpo de Bombeiros teve vitórias importantes durante essa gestão”, afirmou o ex-comandante.

O governador Marcelo Déda falou sobre o novo comando e os investimentos programados para o Corpo de Bombeiros em 2009. “A tarefa desse novo oficial que chega ao comando é dar continuidade a um trabalho, mas também incorporar ao Corpo de Bombeiros as mudanças e os investimentos que nós estamos programando para 2009. Há a previsão inicial de algo em torno de R$ 2 milhões em investimentos para modernizar sua estrutura, para dar conforto aos que se utilizam de suas instalações e para dar eficiência operacional a partir de compra de veículos, de novos equipamentos e de treinamentos”, apontou.

O novo comandante destacou as diretrizes traçadas para a gestão. “Farei do meu comando um instrumento de busca pela melhoria das condições de trabalho, da estruturação organizacional que tanto precisamos, do aperfeiçoamento operacional e do uso racional dos recursos administrativos e operacionais; mas farei dele também um instrumento de resgate da disciplina e da hierarquia, pilares da nossa instituição, de resgate da auto-estima de seus servidores e de busca da credibilidade da corporação junto aos organismos governamentais e à sociedade sergipana”, declarou o coronel Nailson Melo Santos.

A união em torno do objetivo de fazer crescer a corporação também foi lembrada pelo coronel. “A gente sabe dos problemas que a corporação tem, mas com a ajuda de todos que fazem a instituição, os oficiais, sargentos, cabos e soldados, a gente vai conseguir superar essas dificuldades contando com o apoio do governador e do secretário de segurança pública”, afirmou.

A solenidade foi concluída com o descerramento da foto do coronel Reginaldo Santos Moura na Galeria de ex-comandantes